contador grátis

JESUS ABENÇOA AS CRIANÇAS



Jesus abençoa as crianças

15 E traziam-lhe também as crianças, para que ele lhes tocasse; e os discípulos, vendo isto, repreendiam-nos.
16 Mas Jesus, chamando-os para si, disse: Deixai vir a mim os pequeninos, e näo os embaraceis, porque dos tais é o reino de Deus.
17 Em verdade vos digo: Quem näo receber o reino de Deus como uma criança de maneira alguma entrará nele.
Lucas 18:15-17

A CRIANÇA E A ORAÇÃO

A criança e a oração

Nenhum adulto jamais deve subestimar o potencial das orações da criança,
porque o poder das orações dela é igual ao das orações do adulto. É o poder de Deus.
Se a fé é a centelha que inflama esse poder, então não há limite para o brilho da chama que arderá no coração da criança nem para o que Deus poderá fazer em resposta. Que importa se quem ora é grande ou pequeno?
As crianças tendem a ter uma fé pura, estão prontas para crer em Deus e dispostas a confiar na resposta dele para suas orações. Elas não têm as mesmas dúvidas e perguntas sobre oração que têm os adultos. As crianças podem aprender facilmente a orar, a agradecer a Deus quando suas orações são respondidas e a discernir as respostas para uma oração respondida de forma inesperada.
Elas só precisam saber que Deus é real, que ele ouve as orações delas e que ele lhes responderá.


trecho do livro: O Poder da Criança que Ora
STORMIE OMARTIAN


OS ÚLTIMOS SERÃO OS PRIMEIROS

 Assim os últimos serão primeiros, e os primeiros serão últimos.
A ilustração dos trabalhadores na vinha

1 Porque o reino dos céus é semelhante a um homem, proprietário, que saiu de madrugada a contratar trabalhadores para a sua vinha.
2 Ajustou com os trabalhadores o salário de um denário por dia, e mandou-os para a sua vinha.
3 Cerca da hora terceira saiu, e viu que estavam outros, ociosos, na praça,
4 e disse-lhes: Ide também vós para a vinha, e dar-vos-ei o que for justo. E eles foram.
5 Outra vez saiu, cerca da hora sexta e da nona, e fez o mesmo.
6 Igualmente, cerca da hora undécima, saiu e achou outros que lá estavam, e perguntou-lhes: Por que estais aqui ociosos o dia todo?
7 Responderam-lhe eles: Porque ninguém nos contratou. Disse- lhes ele: Ide também vós para a vinha.
8 Ao anoitecer, disse o senhor da vinha ao seu mordomo: Chama os trabalhadores, e paga-lhes o salário, começando pelos últimos até os primeiros.
9 Chegando, pois, os que tinham ido cerca da hora undécima, receberam um denário cada um.
10 Vindo, então, os primeiros, pensaram que haviam de receber mais; mas do mesmo modo receberam um denário cada um.
11 E ao recebê-lo, murmuravam contra o proprietário, dizendo:
12 Estes últimos trabalharam somente uma hora, e os igualastes a nós, que suportamos a fadiga do dia inteiro e o forte calor.
13 Mas ele, respondendo, disse a um deles: Amigo, não te faço injustiça; não ajustaste comigo um denário?
14 Toma o que é teu, e vai-te; eu quero dar a este último tanto como a ti.
15 Não me é lícito fazer o que quero do que é meu? Ou é mau o teu olho porque eu sou bom?
16 Assim os últimos serão primeiros, e os primeiros serão últimos.



A PÉROLA DE GRANDE VALOR


Muitas crianças colocam outras coisas em primeiro lugar, e não Jesus e o seu reino. Muitas crianças querem saber só de brincadeiras e pecados.
Jesus é como a pérola de grande valor, que nos enche de alegria e orgulho. Para recebê-lo em nosso coração devemos tomar uma decisão muito importante e devemos expressar que Ele é o mais importante da nossa vida. É somente assim que podemos sair do reino das trevas e fazer parte do reino dos céus.
Quem quer o maior tesouro que é Jesus?

A CASA SOBRE A ROCHA


"Quando escuto e faço a vontade de Jesus,sou como homem sábio que construiu sua casa num fundamento forte e seguro"
Jesus, contava histórias. Elas foram chamadas de parábolas e nos traz princípios e  ensinamentos muito importantes para a nossa vida. Às vezes as parábolas tinham um significado que os discípulos e pessoas não conseguiam entender, então Jesus explicava.
Certa vez, quando Jesus estava ensinando as pessoas, Ele lhes contou uma historia sobre dois homens que construíram as suas casas. Vejamos Mateus 7:24-29

Havia uma vez um homem prudente, um homem sábio, que construiu a sua casa sobre a rocha. Ele cavou uma vala profunda e fez o alicerce bem sólido. Era um terreno bem firme e a casa foi sendo construída de uma forma muito segura, até ficar pronta. Porém, veio uma tempestade muito forte. O vento fazia, uh...uh... uh, os relâmpagos brilhavam no céu, os trovões faziam tremer, e a chuva caia fortemente. Os rios foram enchendo, enchendo e transbordaram. E a água bateu contra aquela casa, mas, nada aconteceu com ela, porque foi construída sobre uma rocha. Mas havia outro homem, que não era prudente, ele era um tolo . Ele construiu sua casa sobre a areia, sem alicerces. Então veio a chuva e cresceram os rios e sopraram os ventos contra a casa. E a casa caiu – Booom - porque estava construída sobre a areia. Foi um desastre, uma grande perda!
O que Jesus quer nos ensinar com esta parábola? Vejamos novamente em Lucas 6:46-49.
O homem prudente é semelhante a que tipo de pessoa?  Sim a aquela pessoa que ouve a palavra de Deus e a pratica e obedece. É uma criança obediente.
E o homem tolo que construiu sua casa na areia é semelhante a que tipo de pessoa?  Sim, é semelhante a alguém que ouve a palavra de Deus e não obedece, é aquela criança teimosa, desobediente, que não segue os princípios da palavra de Deus, que faz o que quer.

Vejamos algumas características de casas, de lares, firmados na rocha que é Jesus.
Exemplos:

· Os familiares se amam

· Há perdão

· Todos ajudam com as tarefas de casa.

· Oram juntos

· Todos lêem a Bíblia

· Vão à igreja

· Etc

E agora algumas características de lares construídos sobre a areia:

· Se falam palavrões

· Ninguém ajuda em casa, esta toda desordenada

· As crianças são desobedientes

· Há brigas

· A tv fica ligada todo o dia em programas que não agradam a Deus

· Ninguém se preocupa com o outro.

· Etc....
Você tem sido como o homem sábio na sua casa? Ou como o homem tolo?
Você quer se arrepender e pedir ao Senhor um coração obediente a sua Palavra?

ROMANOS 12.12

Image du Blog perolascraps.centerblog.net
Vamos Orar?

Crie em mim, ó Soberano Deus, um coração determinado, decidido, para que eu possa continuar firme, constante e com alegria, seja qual for a dificuldade. Peço isso no nome do seu Filho fiel. Amém.

"Quando caímos num profundo abismo,

Deus estende sua mão e nos tira de lá.

Quando tudo é dor, Deus a dá o refrigério.

Quando o calor da provação é grande,

Deus dá a sombra de sua presença."
 
JESU TE AMA!
 
Estamos todos com muitas saudades...vc faz uma falta tremenda..sua presença é muito importante em nossas vidas e na vida das crianças...
amamos você....oramos por você...
 
Bjusss...de toda a família Ministério da Adoração e principalmente do Mc...
 
Pra. Valéria

AMAR VERDADEIRAMENTE

OI CRIANÇAS....
Um dia desses,estávamos na salinha conversando sobre amar ao próximo como a nós mesmos. Lembram? Este texto me fez lembrar sobre tudo o que conversamos, afinal de contas, sabemos que as crianças passam por muitas situações  em suas vidas as quais precisam estar preparadas através da Palavra que o Senhor Jesus nos ensinou. Leiam e meditem na Palavra de Deus.
Amar Verdadeiramente

Amar a humanidade é fácil... difícil é amar o próximo.
É fácil amar os que estão distantes, os desconhecidos, os que não convivem conosco.
Difícil é continuar amando quem te traiu, quem te magoou, quem te enganou.
É fácil amar quem é bonito, saudável, bem vestido, em forma.
Difícil é amar o pobre, o doente, o sofredor.
Amar é fácil, difícil é tolerar as ações dos outros.
Difícil é tolerar a amiga fofoqueira, o amigo chato, o parente aproveitador.
Difícil é tolerar a vizinha encrenqueira, o vizinho barulhento, o amigo oportunista.
É fácil amar aqueles com quem nos encontramos ocasionalmente, aqueles com quem passamos somente bons momentos, porque estes, pouco nos conhecem, ou melhor... só conhecem o melhor de nós, só conhecem a nossa melhor parte, que é somente o que nós mostramos a eles.
Difícil é amar aqueles com quem convivemos, aqueles que conhecemos o cheiro, que sabem as nossas reações e que falam o que pensam sobre nós.
Uma vez eu li que a felicidade está em amar cada pessoa individualmente, não a humanidade como um todo e, sim, cada parte dela.
Amar aqueles que nos conhecem como a palma de suas mãos.
Porque amar e tolerar os que estão distantes, é fácil...
Eles não tocam a nosso ego tão profundamente como os que estão próximos.
O maior desafio é eliminar o próprio ego.
Amar verdadeiramente é saber tolerar, compreender, ter boa vontade.
O maior exemplo de expressão verdadeira de amor, que toda a humanidade já viu, foi o amor incondicional de Jesus Cristo.
Ele possuía a forma de amor total, ampla e irrestrita, o amor na sua forma mais bela.
O amor que não escolhe a quem amar, o amor que ama sem restrições.
Não podemos ser como Jesus, mas podemos amar como Ele amou. Ou nos esforçarmos para amar... fazendo uma tentativa, duas, três, várias... Felizes aqueles que, com esforço (ou não) conseguem seguir os ensinamentos de Jesus.
Se você ama espontaneamente, sem esperar nada em troca, se você ama principalmente os que estão próximos, sem ter que suportar, mas ama com boa vontade e alegria, saiba que este é o amor de Deus, agindo no seu coração.
Não ame somente a quem te agrada, ame a todos...
Sem distinção... Simplesmente... Ame.
“Meus filhinhos, não amemos de palavra, nem de língua, mas por obra e em verdade”. I João 3:18
 Programa Noite & Cia


TRECHO DO LIVRO "PERIGO"

O PECADO ESCONDIDO

O ciúme e a inveja são pecados que têm estado dissimuladamente escondidos na vida de muitos filhos de Deus. Eles são sorrateiros e, assim como a ira, abrem terríveis brechas que oferecem direito legal para a ação maléfica de Satanás e seus demônios, cujo único objetivo é roubar, matar e destruir (João 10.10).
A Palavra de Deus é bem clara ao mostrar a ação destruidora dessas sementes daninhas: "Então, vi que todo trabalho e toda destreza em obras provém da inveja do homem contra o seu próximo. Também isto é vaidade e correr atrás do vento." (Eclesiastes 4.4).
A principal razão que motiva muita gente a trabalhar e a querer ser bem-sucedida tem sua raiz oculta no ciúme e na inveja, na comparação de sua condição de vida com a de outras pessoas. Então, querem possuir bens para se igualarem ou superarem o que as outras pessoas têm.
Ao contrário, o crente em Cristo Jesus deseja ser igual ao Mestre e mais ninguém. Precisamos sempre ter Jesus como nosas referência e nosso modelo. Precisamos tê-lo, sempre, como a nossa motivação maior. Dessa maneira, não iremos nos comparar com outras pessoas nem nos esforçarmos apenas para superar ou nos igualarmos a alguém. Vamos, sim, nos achegarmos ao Senhor e dizer: "Jesus, que a tua vida se manifeste na minha vida. quero falar, quero agir, quero sentir, quero amar e quero viver como o Senhor viveu."
O texto que lemos em Eclesiastes 4.4 nos adverte para o fato de que a inveja e o ciúme tem sido a desgraça de muitos homens e mulheres. O ciúme e a inveja são pecados bastante sutis.
É bem verdade que após a conversão, aquele que era assaltante já não assalta mais. O que tinha vícios se tornou livre; o que era pornográfico se tornou um santo de Deus. Contudo, muitas vezes, não se tem consciência de que no íntimo existe uma raiz que precisa ser arrancada. Esta é a raiz de uma planta venenosa que produz frutos venenosos: o ciúme e a inveja. Se essa raiz não for arrancada, ela rachará todo o terreno do coração e, quando vier a tempestade tudo se desmoronará.
Se a sua vida não estiver em Jesus, essa raiz provocará a destruição da sua vida espiritual e , como consequência, todas as outras áreas ficarão comprometidas: a paz, a prosperidade, a família, o casamento, os estudos, a saúde, a dignidade, enfim, tudo estará seriamente comprometido.
É preciso observar o nosso próprio coração, mas como conhecê-lo se a Bíblia diz que ele é tremendamente enganoso? "Enganoso é o coração mais que todas as coisas, e desesperadamente corrupto; quem o conhecerá?" (Jeremias 17.9).
Temos de colocá-lo sob a avaliação daquele que sonda a mente e o coração. A partir dessa atitude o Espírito Santo nos revelará o que há em nosso coração e o que precisa ser tratado ou eliminado.
                                    PR. Márcio Valadão

INVEJA


"O furor é cruel e a ira impetuosa, mas quem poderá enfrentar a inveja?" (Provérbios 27: 4)



"O ânimo sereno é a vida do corpo, mas a inveja é a podridão dos ossos." (Provérbios 14 :30)
Ossos podres. Para que um osso, que é o componente mais forte do corpo humano possa se corromper, é necessário que a pessoa morra e então os ossos se tornarão em pó. Mas ossos podres em vida? É possível isto? Sim, conforme nos atesta o texto lido em Provérbios 14.30. Tal como um poderoso ácido, a inveja torna os ossos podres. Isto nos remete a uma outra situação. Conversem com quem já quebrou alguma parte do corpo, ou mesmo fissurou algum osso. A dor é lancinante e insuportável. Até que se conserte a parte lesionada a dor permanecerá. Dizem também que muitas vezes, mesmo depois de “consertada” a fratura, a dor permanecerá por um tempo ainda.
A dor que o invejoso sente é subjetiva e ao mesmo tempo real. A sua dor se originará num caráter fraco e falho e se estenderá desde o seu fio de cabelo até a ponta do pé, a sua dor será cada vez maior, e contaminará tudo a sua volta. A convivência com ele será insuportável.

 
 A MÁSCARA DA INVEJA NOS TORNA CEGOS PARA A REALIDADE ACERCA DA NOSSA PRÓPRIA PESSOA.
 
A MÁSCARA DA INVEJA DISTORCE O SENSO DE JUSTIÇA E DESVIRTUA OS VALORES CRISTÃOS.
 
 

JESUS,O AMIGO FORTE




Jesus, o amigo forte
É bom ter um amigo
Alguém para brincar e dar risada.
Às vezes precisamos de um amigo muito forte.
Quando temos coisa difícil para fazer.
Quando estamos com medo ou estamos doentes.
Quando ficamos tristes porque fizemos alguma coisa errada.
Onde achar um amigo forte?
Jesus pode ser seu amigo
Jesus não quer ver as crianças sofrendo.
Jesus ama a todas as crianças.
E Ele quer ficar junto das crianças para ser
o maior amigo.
Você pode falar sempre com Ele.
Conte tudo que está no seu coração.
Ele vai te ajudar.
Veja o que Jesus disse:
“Deixai vir a mim os meninos, e não os i
mpeçais, porque dos tais é o reino de Deus.”
 (Lucas 18:16)
Jesus pode ser seu amigo agora
Feche os olhos e fale com Ele.
Fale o que você quiser.
Falou? Pronto, agora, Jesus é o seu
amigo forte.
Ande sempre com Ele.

É MEU



Vamos meditar sobre esta Palavra?

Tudo o que Deus tem é meu. Sua bondade. Seu amor. Sua santidade. Sua fé. Tudo! Ele deu tudo para mim. Por eu merecer? Não. Por Ele me amar.

Deus mesmo me uniu com Cristo Jesus e fez de Cristo a minha sabedoria. E é  por meio de Cristo que sou aceito por Deus.

Leia na Bíblia.
I Coríntios 1.30

EBF

Glória a Deus pela grande obra que ELE fez na realização da Escola Bíblica de Férias das crianças da Igreja Templo da Aliança.O livro de 1Coríntios nos diz que um planta, outro rega e Deus dá o crescimento da boa semente. É somente a graciosa presença de Deus que deverá ser exaltada.Clique em mais informações para ver algumas fotos.

OBEDECER A DEUS

O amor a Deus requer obe­di­ên­cia à Sua von­tade, “Por­tanto obe­de­ce­rás à voz do Senhor teu Deus, e cum­pri­rás os seus man­da­men­tos e os seus esta­tu­tos, que eu hoje te ordeno.” (Dt 27:10). “e uso de mise­ri­cór­dia com milha­res dos que me amam e guar­dam os meus man­da­men­tos.” (Êx 20:6)

PARABÉNS PARA OS NOSSOS PASTORES



 Que Jesus continue abençoando suas vidas hoje e sempre.

Nossos amados pastores receberam homenegens da igreja












FAMÍLIA UM PROJETO DE DEUS


No coração de Deus só tem amor, Ele é perfeito, logo seus projetos são perfeitos. Quando o Senhor fez o mundo e toda a sua grandeza, ele também criou o homem, Adão. O nome Adão, quer dizer “chão”, porque Deus o criou dos mesmos elementos que criou a terra. O Jardim do Édem, também chamado de paraíso, era magnífico, tudo era muito lindo! Adão deu nome a todos os animais, ele podia brincar até com os selvagens! Não precisava ter medo, pois ele tinha domínio sobre todos eles. Também cuidava das plantas, era muito bom sentir o ar puro e o perfume das flores. Quando queria comer uma fruta era só estender o braço e pegar no pé, frutas fresquinhas sem nenhum agrotóxico. Adão podia fazer tudo o que quisesse, esse lindo jardim era todo dele. Mas, apesar de todo esse privilégio, Deus percebeu que ainda faltava alguma coisa... Adão precisava de uma companhia, alguém que o ajudasse. Então o Senhor criou uma mulher, seu nome era Eva. Eva quer dizer “doadora de vida”. Agora sim, Adão estava muito feliz! Confira essa história na Bíblia, no capítulo 2 do livro de Gênesis.
O mais gostoso de tudo isso, era esperar pelo Senhor todas as tardes, quando Deus vinha passear com eles e os ensinava como viver naquele lugar tão especial. Para completar essa família, eles tiveram filhos.
A família é uma invenção de Deus, é da sua vontade que todos nós vivamos em família. Ela surgiu para trazer alegria e prazer. É onde se aprende princípios e valores como respeito, amizade, carinho, generosidade, solidariedade dentre tantos outros que na verdade se resume numa só palavra – Amor. Os filhos completam a família, o Senhor diz que eles são bênçãos, sua herança. Você pode conferir isso em Salmos 127.3-5.
Herança é uma coisa muito importante, um presente que Deus dá aos pais e precisa ser cuidada com muita atenção, ser vigiada, para não ser roubada pelo inimigo. Para que haja harmonia na família, os filhos também recebem uma ordem de Deus: “Filhos obedeçam seus pais no Senhor, pois isso é justo. ‘Honra teu pai e tua mãe’ – este é o primeiro mandamento com promessa – para que tudo te corra bem e tenhas longa vida sobre a terra”. Efésios 6.1-3.
É no ambiente familiar que as crianças aprendam o valor do amor. É através da figura do pai que elas aprendem o papel de Deus em suas vidas. É através do relacionamento entre os irmãos que elas aprendem que todos são iguais diante dEle, que como Pai não tem filhos preferidos. É através do amor entre o papai e a mamãe que elas conhecem o amor que Jesus tem pela igreja. Isso é lindo!
Diante do Trono












MATEUS 19:14


Porque será que Jesus disse que o Reino do céu é das crianças?
Observe esta canção
"Quero ser como criança, te amar pelo o que és. Voltar à inocência, e acreditar em Ti, mas às vezes sou levado pela vontade de crescer, torno-me independente e deixo de simplesmente crer".
A criança faz birra, desobedece, muitas vezes é preciso disciplina-la e até dar umas varadinhas, e quando o pai a corrige ela fica emburrada, chora, se irrita, mas o interessante é que pouco tempo depois ela já esta agarrada ao colo do pai novamente, entende que ali é o melhor lugar para estar, é seguro e confortável.
Você já viu uma criança preocupada com as crises, ou com as guerras? Quando a criança está no colo do pai, ela não teme o mal que está ao redor.
Acredito que você já ouviu aquela expressão: "Meu pai é o SUPER HOMEM". A inocência da criança faz com que ela acredite que seu pai tudo pode, por exemplo, ao atravessar à rua a criança não está preocupada em olhar dos lados porque ela tem as mãos firmes de seu protetor segurando-a. E ela o ama, independente de quem seja, ou o que ele faça, a criança a ama seu pai pelo o que ele representa na vida dela.
Por isso que Jesus fala que o reino do céu é da criança, porque ela não guarda rancor, não odeia ninguém, age na inocência, tem coração puro e principalmente depende de seu pai pra TUDO.
E nós adultos, os "GRANDES", será que confiamos totalmente em nosso Pai celestial? Será que nos entregamos no colo do Papai sem preocupação com o que está ao redor?
Nossa mania de querer crescer a cada dia, conquistar, vencer, buscar a independência, muitas vezes nos afasta de Deus.
Pensamos que somos os responsáveis por garantir a segurança, manter a paz, dar equilíbrio para nossas famílias e trabalho, vamos conquistando uma independência de tudo, inclusive de Deus.
Precisamos ser como a criança, mas com responsabilidade do adulto. Depender de quem pode TUDO, nos agarrar no colo do Todo Poderoso.
                                                                                                                                   Elines Leme

JANTINHA! QUE DELÍCIA...


A jantinha  realizada 20/05 foi muito especial para nós, O novo espaço da igreja foi organizado durante toda a tarde do sábado, graças ao trabalho de um grupo de obreiros que tem se dedicado a obra de Deus com amor e compromisso. Eles tem se colocado sempre disponíveis com amor e alegria no coração, realizando todo o serviço necessário , do mais leve ao mais pesado. e Jesus  quer que estejamos sempre prontos a servir. Glória a Deus pela vida das irmãs que dobraram e   emendaram seus horários de trabalho para colaborar com a realização do evento.  Oremos para que o Senhor envie trabalhadores para sua Seara, que Ele levante pessoas  dispostas  a "realmente" trabalhar para que a igreja possa romper e crescer nos caminhos do Senhor Jesus.

Jovens do Curitiba sempre presentes em todos os eventos da igreja.
Raquel e seus amigos...Sejam todos bem vindos e que Deus abençoe a todos!
Irmãs Luciana e Maria Vitória, benção de Deus
Irmãs Paola, Juliana e Talita cuidaram do Refrigerante e da sobremesa
 

Pr. José Roberto, irmãos Marcos Augusto e Carlos foram eficientes na churrasqueira.
Irmãos Manoel e Eduardo: montando o telão. As crianças se divertiram com os clipes, músicas, espaço, pirulito e argila
Convidados se servindo
Esta equipe é a coluna da igreja. Aleluia! Giza, PraValéria, Neuslene, Adriana e Simone.
A jantinha ficou perfeita!

Irmãs Juliana e Suêd! Parabéns pela sobremesa.Foi um sucesso!!!!!!!!!!!!
Infelizmente não tive tempo de registrar a presença de todos os irmãos que colaboraram com a sua presença e também de seus famíliares. Que Deus abençoe infinitamente todos os obreiros,visitantes e doadores envolvidos com a obra de Deus representada pela Igreja Templo da Aliança.

VAMOS LER UMA ESTÓRIA QUE ACONTECEU DE VERDADE?


Daniel na cova dos leões
Daniel já era um homem velho. Seu cabelo e sua barba já eram grisalhos.
E ainda ele morava na terra longínqua da Babilônia. Ali ele era um servo nobre do rei.
Mas Nabucodonosor não era mais rei. Este já estava morto há muito tempo. Agora havia um outro rei, que se chamava Dario.
O rei Dario estimava-o e dizia: "Daniel é o melhor servo de todos. Quero fazê-lo muito mais importante ainda. Vou nomeá-lo vice-rei. Então ele será o chefe de todo o meu reino e de todos os outros servos meus".
Quando os outros servos souberam disso, ficaram com muita inveja.
Eles disseram: “Deverá ele ser o mais importante de todos? Isso não deve acontecer. Nós é que queremos ser os mais importantes. Vamos espreitá-lo bem para ver se Daniel faz alguma coisa errada. E então iremos contar logo ao rei. Então o rei não gostará mais tanto de Daniel”.
Desde então, todos os dias iam espiar Daniel para ver se ele fazia alguma coisa errada. Mas Daniel não fazia nada de errado. Fazia seu serviço da melhor maneira possível. E orava três vezes por dia.
Quando Daniel orava, ele se ajoelhava em seu quarto, frente à janela aberta. Bem ao longe ficava Jerusalém. Ali estava uma vez o lindo templo, que agora estava queimado. Mas algum dia, o povo de Daniel iria morar lá de novo. E haveria lá também um novo templo, quando o castigo do povo tivesse passado.
Daniel olhava para longe, para lá onde ficava Jerusalém, e orava dizendo: "Senhor, deixa meu povo voltar em breve para sua pátria."
Daniel nunca se esquecia de orar, Isso ele fazia fielmente três vezes por dia. Os outros servos podiam vê-lo. E daí aqueles homens falsos imaginaram um plano para trazer desgraça sobre Daniel e para impedir que ele continuasse a ser o homem mais nobre e importante do país.
Eles foram falar com o rei. Inclinaram-se profundamente. Comportaram-se muito corteses e amáveis, e disseram: "Oh rei, nós sabemos uma coisa boa. O senhor sabe o que deve fazer? 0 senhor deve ordenar que todas as pessoas em seu país não peçam mais nada a ninguém, nem a homens e nem Deus, durante um mês inteiro. Somente ao senhor poderão pedir o que quiserem, pois o senhor é o nosso rei poderoso."
Isso agradou bem ao rei. Ele gostou do plano.
"Sim, isto eu farei", disse ele.
"E quem for desobediente será castigado com rigor", disseram os homens malvados. "Este deverá ser jogado na grande cova, onde estão os leões."
"É, isso mesmo," disse o rei.
Então ele mandou seus empregados passarem pelo país. E estes avisaram o povo por toda parte que ninguém mais devia orar nem devia pedir nada a ninguém, senão ao rei.
Todos ouviram esta ordem. Daniel também ouviu. Ele percebeu bem quem tinha imaginado este plano perverso. Foram seus inimigos. Estes queriam sua desgraça.
Que devia fazer Daniel?
Deus tinha dito que cada um que o amasse, também devia orar a Ele.
Mas o rei ordenou que isso não devia ser, mas que Daniel devia esquecer-se de Deus.
A quem Daniel devia obedecer agora?
A Deus naturalmente. E por isso Daniel continuava ajoelhando-se, três vezes por dia, frente à janela aberta.
Mas perto da janela estavam seus inimigos, espiando. E quando viram que Daniel assim mesmo orava, correram depressa para contá-lo ao rei.
"Rei", disseram eles, "o senhor não disse que ninguém devia pedir coisa alguma senão ao senhor, durante um mês?"
"Sim", respondeu o rei, Isto eu clisse"
"E se alguém é desobediente, não deve ele ser lançado na cova dos leões?"
"Sim", disse o rei, "assim deve ser."
"Oh rei", exclamaram eles, "então Daniel tem que ser lançado na cova dos leões. Ele foi desobediente. Ele ora a seu Deus, três vezes por clia"
Aí o rei se assustou. Compreendeu como os homens tinham sido falsos.
"Daniel não", gritou ele, "não, Daniel não!"
Mas os homens disseram: "Foi o senhor que deu essa ordem, rei e agora o senhor também tem que fazê-lo."
Sim, era assim mesmo naquela terra: O que o rei tinha dito, isso ele sempre tinha que fazer. Ele queria ajudar a Daniel, mas não podia. E quando anoiteceu, Daniel foi levado para a cova dos leões.
O rei estava bem triste e chamou: "Daniel, eu não posso ajudá-lo, mas espero que seu Deus o ajude."
Então Daniel foi lançado na cova.
Chegou a noite, mas o rei não pode dormir. Ele estava muito triste e sempre tinha que pensar em Daniel. Será que seu Deus cuidaria dele?
De manhã, o rei levantou-se bem cedo e foi para fora. Com o coração batendo, chegou à cova dos leões.
"Daniel", chamou ele. "Daniel. Deus cuidou de você?"
E de repente, o rei quase deu um salto de alegria. Porque do fundo da cova veio uma voz: "Sim, rei. Deus cuidou de mim. Ele mandou seu anjo, para cuidar que os leões não me fizessem mal algum, porque também eu não fiz nenhum mal."
O rei ficou muito contente.
"Tirem-no dali!" gritou ele. "Depressa, tirem Daniel da cova!"
Então vieram alguns homens, com uma corda grossa. Desceram a corda na cova e assim puxaram Daniel para cima. E então Daniel estava à frente do rei, vivo e são. Ele tinha passado a noite inteira com os leões ferozes, mas eles não lhe tinham feito nenhum mal
Que grande milagre foi este! E como estava contente o rei, porque tinha Daniel de volta.
Mas então ele se lembrou dos homens malvados que queriam matar Daniel. Mandou seus soldados para buscá-los e então mandou jogá-los também na cova dos leões.
Mas agora não havia nenhum anjo que cuidasse deles. Todos foram comidos pelos leões.
Mas Daniel ficou sendo o servo mais importante do rei, sim, o mais nobre em todo o país.
E o rei ordenou que todas as pessoas naquela terra servissem ao Deus de Daniel.


Essa história é verídica! Ela está na Bíblia, no livro de Daniel, capítulo 6.



















JESUS NOS AMA



Nosso Senhor Jesus Cristo recebeu uma “coroa de espinhos”, feita mais para escarnecer do que para fazê-lo sofrer, realmente; foi cravado em sua cabeça até o sangramento. Ele, porém, foi o Vencedor em Sua missão e agora tem em suas mãos coroas que pode oferecer aos santos. São coroas irressecáveis, que não murcham, não enferrujam, incorruptível. Coroas que serão entregues somente aos vencedores deste mundo, e para aqueles que cumpriram fielmente suas missões. Vencendo a batalha da carne, nos tornamos reis e sacerdotes de Deus para sermos devidamente coroados naquele grande dia, após o julgamento do Grande Tribunal de Cristo 1Co 3.10-15; 2Co 5.10.

NÓS SOMOS A IGREJA DE CRISTO E QUEREMOS RECEBER A COROA

O arrebatamento
Será o acontecimento no qual o Senhor Jesus virá buscar a sua Igreja. O arrebatamento faz parte da 1ª fase da 2ª vinda de Jesus. (II CO.12:2-4; Ap.12:5; Mt.11:12).
Quem Será Arrebatado?
Tanto os que estiverem vivos na Terra quanto os que dormiram no Senhor e estão no paraíso, isto envolve tanto os santos do Antigo Testamento como os do Novo Testamento. (I Co 15.51,52; I Ts 4.16, 17; Jo 11.25,26; Hb 11.39,40)
Este evento será a “Grande Colheita” dos justos, desde Adão até o momento em que os salvos serão levados desta Terra. Após o arrebatamento, começará o período da grande tribulação.
A Igreja não passará pela tribulação!
Estamos vivendo um espaço de tempo indeterminado chamado Era da Igreja ou Era da Graça o qual iniciou-se no dia do Pentecostes e se findará no dia do arrebatamento.
Por Que Jesus Arrebatará a Igreja?
Propósitos do arrebatamento:
Cumprir a promessa de Jesus, redimir os nossos corpos, ressuscitar os mortos no Senhor, levar-nos ao novo lar, recompensar a Igreja, para reinarmos com Cristo etc...
 Como será o Arrebatamento?
1º A trombeta tocará... (I Co 15.52 e I Ts 4.16).
Para os judeus o toque da trombeta era importante no seu cotidiano (Nm 10.1-10).
Nas Solenidades (II Cr 29.26–28)
Para proclamar a guerra (Nm 10.9)
Para congregar o povo e levantar acampamento (Nm 10.2,3).
Para a Igreja a trombeta representa o toque de reunir;
2º O Senhor Jesus descerá do céu, onde está à destra do Pai (I Ts 4.16)
3º Os mortos em Cristo ressuscitarão primeiro em um corpo glorioso  imediatamente seus corpos serão transformados  ( I Co 15. 50-54; I Ts 4.16)
4º Os salvos que estiverem vivos, também terão os seus corpos transformados (glorificados) (I Co 15.52; I Ts 4.17)
Todos os salvos são arrebatados e encontram-se com o Senhor nos ares
(I Ts 4.17)
6º O Arrebatamento ocorrerá num momento num abrir e fechar de olhos
(ICo 15.52). Todo o processo, incluindo a ressurreição, transformação dos mortos e dos vivos, bem como o arrebatamento, será praticamente instantâneo! A Igreja deverá estar preparada!

 O que acontecerá logo após o Arrebatamento?
  • Tribunal de Cristo

O tribunal de Cristo trará galardões para uns e detrimento para outros.
No Tribunal de Cristo haverá o julgamento das obras do crente (I Co 3.11-15;II Co 5:10; Gl 6.9;Tg 5.9)
Neste julgamento seremos avaliados. Não será um julgamento para receber ou não receber a vida eterna mas; sim para receber galardões.( I Co 3.10 - 15). O crente não entra em juizo. (Jo.5:24; Rm.8:1)

  •  Os Galardões (recompensa ou prênio)
A Biblia nos mostra vários tipos de galardões.
Os galardões serão para os servos que comparecerem ao tribunal de Cristo. Receberão o seu galardão (II Co 9.6) Será distribuído pelo próprio Jesus (9Ap 22.12)

Tipos de galardões:
São simbolizados por coroas:

a) Coroa da vida (Tg 1.12; Ap 2.10)  Fidelidade.
b) Coroa Incorruptível (I Co 9.25)  Os que venceram o mundo e não se corromperam.
c) Coroa da glória (I Pe 5.2-4) Ministros e obreiros dependendo do cuidado pelo rebanho, promoção do reino de Deus e obra do Senhor em geral.
d) Coroa da justiça (I Tm 4.7, 8 ) Combatentes do Senhor; aqueles que sofreram por Cristo. Também chamada de coroa do mártir.
e) Coroa da Alegria (Fp 4.1; I Ts 2.19.20) para os ganhadores de almas para Cristo, que zelou pelas almas.
  • As Bodas do Cordeiro
Após ser galardoada, a Igreja será introduzida na presença do Pai e então acontecerá as Bodas do Cordeiro. (Ap 19.17)
Enquanto todos estes eventos acontecem com a Igreja no céu; momento de muito louvor e adoração; na Terra, acontece o período da Grande Tribulação.
                                                                                      (Edilson Alves)

CRIANÇAS COM SEDE DE JESUS


 
Que sejamos firmes, inabaláveis e abundantes na Obra do Senhor para que Ele possa nos usar ao levar a Palavra aos irmãos do Real Conquista.


“Ajuntai o povo, os homens, as mulheres, os meninos e o estrangeiro que está dentro da vossa cidade, para que ouçam, e aprendam, e temam o SENHOR, vosso Deus, e cuidem de cumprir todas as palavras desta lei; para que seus filhos que não a souberem ouçam e aprendam a temer o SENHOR, vosso Deus, todos os dias que viverdes sobre a terra à qual ides, passando o Jordão, para a possuir.” DT 31:12,13.

Vamos conhecer alguns de nossos irmãos do Real Conquista
Sejam bem vindos em nome de Jesus!!!!!!